21 / 06 / 2022 O impacto da ultrassonografia de carcaça no melhoramento Genético

É importante que o produtor saiba qual o impacto que a ultrassonografia de carcaça pode proporcionar no melhoramento genético. Por se tratar de características com média herdabilidade, se direcionado o trabalho de seleção, obtém-se significativo ganho genético e econômico de uma geração para outra, ou seja, de pai para filho.

Além de identificar os animais superiores e elite, as 3 principais características de valor econômico são o peso ligado a AOL, espessura de gordura e acabamento ligados à fertilidade e precocidade sexual. O grande diferencial da avaliação de carcaça por ultrassonografia é na seleção destes animais com valor econômico muito alto. O cliente que adquirir animais provados dentro de uma propriedade que utiliza a ferramenta, tem uma segurança de que estes animais são superiores, com potencial genético para transmitir estas características.

“Na Agro Antonio Balbino a faixa etária que realiza a ultrassonografia de carcaça, é em animais de 16 a 18 meses, sempre formando grupos contemporâneos de 3 meses.”

Como a Agro Antonio Balbino utiliza estes dados a favor dos clientes que compraram a genética?

A evolução do rebanho e as informações ajudam de forma direta e eficiente na seleção para maior acabamento precoce e rendimento frigorífico. As informações geradas na fazenda seguem 2 caminhos: programa de melhoramento para compor o banco de dados e cálculos de predições genéticas; e também para a análise intra-rebanho (ranking interno da safra).

Dificuldades existentes na ultrassonografia de carcaça

“Não diria dificuldades, mas em desafios do criador em aderir a mensuração seguindo o protocolo preconizado pelos Programas de Melhoramento, Grupo e Idade padronizada. Para amenizar esse desafio, é necessário a orientação técnica”, conta Yuri Farjalla, zootecnista e sócio proprietário da AVAL.

Existem algumas dificuldades que o produtor enfrenta ao implementar um programa de avaliação de AOL na propriedade,pensando na ultrassonografia de carcaça o produtor precisa ter um bom tronco de contenção dos animais e um curral de apoio que facilite o manejo. Portanto, a infraestrutura necessária é simples, a grande dificuldade é a tomada de decisão pelos produtores.

Saiba como medir a área de olho de lombo (AOL)

A AOL, é colhida entre a 12° e 13°, costela do animal, ela avalia toda a área do músculo contrafilé, espessura de gordura e marmoreio. Esta mensuração vai nos dar a proporção de músculo comparado com peso. Temos uma equação de peso e AOL, para chegarmos ao resultado final.

“Hoje, nós temos uma maior confiança das medidas de carcaça e com maior acurácia com a AOL, em seguida o acabamento de carcaça e por último o marmoreio. Marmoreio, possui acurácia mais baixa, por ter uma oscilação muito grande, conforme o ambiente, o regime alimentar influencia muito na avaliação”, finaliza Alberto Arnaldi, técnico certificado da AVAL.

Clique aqui e baixe gratuitamente o nosso e-book, nele você encontrará mais informações sobre a ultrassonografia de carcaça.